FANDOM


Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Family Guy Wiki expandindo-o.

Carter Pewterschmidt é o pai de Lois Griffin, Patrick Pewterschmidt e de Carol West. E sogro de Peter Griffin a quem odeia, sua religião é o protestantismo. Carter mora com a esposa Barbara em uma mansão em Newport County, Rhode Island. Dono de uma grande fortuna e tem amigos muito influentes.Carter é um bilionário conservativo. Por instantes ele não aprova casamento gay, e usa um monte de mexicanos para cuidarem do jardim, como é revelado em "Padre de Familia". Carter também é dono e fundador das Indústrias Pewterschmidt.

Para Carter, dinheiro é o segredo da felicidade, mas, ele ofereceu $1,000,000 para Peter se ele não se casasse com Lois. Em "12 Homens e Meia Sentença", Carter revela que esfaqueou uma pessoa na mansão do Prefeito West, para culpá-lo, sendo que ele foi o veredito no júri durante o episódio. Ele tinha uma cadela, Brisa, mas ele a renegou ela após ela ter filhotes com Ted Turner.

Em "Bem-Vindo de Volta, Carter", Peter o flagra tendo um caso com uma moça asiática, e Babs se separa temporariamente dele. Então, ela conta uma história dizendo como Carter e ela se conheceram. Foi numa praia, e Babs acidentalmente joga uma bola em Carter, que lhe retribui com um tapa, então os dois ficam juntos. Mas quando Carter é recrutado para ir a guerra, um homem chamado Roginaldo aparece na vida de Babs. Em um baile, Carter reaparece batendo em Roginaldo, e eles ficam juntos para sempre.